domingo, 5 de agosto de 2018

Conheça melhor Geraldo Alckmin, o candidato do golpe


Ricardo Costa de Oliveira


Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho, médico e político profissional, é mais um produto da classe dominante tradicional brasileira com fortes raízes no século XVIII. Procedente de uma família entre o Sul de Minas e o Vale do Paraíba paulista. Alckmin era ferrenho adepto do nepotismo porque quando foi prefeito de Pindamonhangaba ofereceu cargos para o pai e seus três cunhados. A filha de Alckmin adorava a Daslu e seus luxos e excessos. O cunhado de Alckmin e filho já estiveram envolvidos em denúncias de operações de caixa 2 e concessões de aeroportos (sina dos candidatos presidenciais do PSDB) e outras irregularidades. Geraldo Alckmin foi sobrinho de José Geraldo Rodrigues de Alckmin, ministro do Supremo Tribunal Federal entre 1972-1978. O trisavô do ex-governador e candidato presidencial Geraldo Alckmin, em linha paterna, foi João Capistrano de Macedo Alckmin, latifundiário, escravocrata (mais de 30 escravos no censo de 1839 de Pouso Alto), advogado bacharelado em 1832 na primeira turma da faculdade de direito de São Paulo, juiz de órfãos de Campanha/MG, deputado provincial de Minas Gerais. De acordo com a "teoria do nepotismo", trata-se de mais um herdeiro do poder da classe dominante tradicional do Sudeste do Brasil, sempre atuando dentro do Estado e do nepotismo na reprodução de seus privilégios e vantagens sócio-econômicas. Boa parte das mentalidades do Antigo Regime continuam nesta gente, suas denúncias de corrupção sempre protegidas pelos seus correligionários no legislativo, no sistema judicial e em suas origens históricas e formas de exclusão. Candidato agora do bloco golpista do PSDB e do direitão/centrão, o que há de pior na política brasileira.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics