segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O principal problema do Brasil não é a corrupção, mas a estupidez

Em defesa do agronegócio e do genocídio indígena 
Estúpidos corruptos 
Alex Solnik 

A imensa e sinuosa faixa com a inscrição "Congresso corrupto" carregada sobre as cabeças pelos organizadores da marcha da insensatez na Avenida Paulista para ser vista pelas câmaras instaladas em helicópteros resume a ignorância, estupidez, contradição, sordidez, irresponsabilidade, inconsequência, desonestidade, ignomínia, mau-caratismo, indecência, covardia, demagogia, delírio, loucura, calhordice dessa gente e de todos os que os acompanharam.

Com destaque para Regina Duarte, que já foi a namoradinha do Brasil, a musa das Diretas e agora faz o papel de coveira da democracia.

Com que cara eles marcham sob essa palavra de ordem se esse mesmo "Congresso corrupto" aprovou, há três meses, um impeachment sem crime, com apoio dessa turba?

Ninguém saiu na rua então para denunciar o "Congresso corrupto".

Com que cara eles marcham sob essa palavra de ordem se esse mesmo "Congresso corrupto" aprovou, há duas semanas, a PEC do Teto dos Gastos Públicos, com apoio dessa gente?

Ninguém saiu na rua, então, para denunciar o "Congresso corrupto".

Não há dúvida que há muitos políticos corruptos no Congresso, mas não todo o Congresso.

Não há dúvida que há muitos brasileiros que não são políticos também corruptos, mas não todos os brasileiros.

E não só por roubar.

Corruptos também são os que corrompem a palavra "democracia" arrogando-se em paladinos do combate à corrupção.

O principal problema do Brasil não é a corrupção, mas a estupidez.

Um comentário :

  1. Em verdade o principal problema do Brasil não seria realmente a corrupção. Mas também fica muito longe de ser a estupidez. Os maiores problemas no Brasil são: A falta de Educação, a falta de ética na política, A falta de personalidade de muitos jornalistas que pensam uma coisa, e publicam outra, de acordo com o gosto do contratante. Este texto me pareceu ser um exemplo claro Disto. E um salário mínimo digno que desse condições a que um pai de família pudesse sustentar os seus, sem a necessidade de se humilhar com o recebimento das bolsas esmolas distribuídas em troca do voto dos que dela necessitam.

    ResponderExcluir

Web Analytics