quinta-feira, 13 de julho de 2017

Palhaços da República de Curitiba fizeram um bem ao país e a Lula



MORO FEZ UM BEM PARA O PAÍS. E PARA LULA

Um juiz pusilânime, vítima da própria vaidade e das armadilhas em que se meteu. Certo de que encontraria provas contra Lula, Moro, aliado dos incompetentes acusadores do Ministério Público em sua ação partidária, prometeu o que não poderia. A peça final, já apontada por juristas como uma pantomima jurídica, dedica somente cinco parágrafos à defesa, apesar dos mais de 100 depoimentos e larga documentação, recorre a delações já invalidadas e até mesmo a matérias de jornais como prova. 
O desastre Moro em seu caráter de vexame histórico abre uma janela de oportunidades para se pensar o que foi feito da justiça desse país - com seus juízes loucos por fama e sem a mínima percepção de sua função social. Por fim resta a convicção, ainda que sem provas, de que Moro, em sua promiscuidade midiática, e fragilidade de caráter, deu um grande passo para eleger Lula.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics