domingo, 16 de julho de 2017

Doria não é imbecil como parece

Weden Alves 

BOLSODORIA 

Esse Doria não é bobo. Engana-se quem o acha um bufão.

Ao apostar no discurso de ódio (ontem ele chamou Dilma de anta e vagabunda) ele cumpre quatro objetivos.

1. Rouba o eleitor típico de Bolsonaro (hoje favorito se a direita tirar Lula por meio da milícia judiciária), advindo de setores fascistas da classe média (sim, a história ensina que o fascismo é um fenômeno de classe média - a grande entusiasta de Salazar, Mussolini etc).

2. Resgata os órfãos de Aécio Neves, que fez o mesmo e que compôs a tríade golpista (com Cunha e Temer);

3. Supera o sempre insosso Alckmin, o candidato das elites financistas, que romperam com o pacto democrático.

4. Lança uma cortina de fumaça sobre o desastre precoce de sua gestão.

Não pensem que a mídia já não está pensando nesta opção. Financeirizada, o projeto dela é atrelada ao das forças financistas.

Portanto, ela quer impor Alckmin. Mas se não tens tu....

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics