quinta-feira, 15 de junho de 2017

O machismo extremado de Sérgio Moro


Fernando Horta 

Estes dias eu li numa conversa de uma das minhas amigas (e aqui peço perdão por não lembrar quem foi, mas tenho tantas amigas tremendamente inteligentes que nem por este corte eu consegui chegar no post original), ela argumentou que as sentenças inocentando esposas que o juiz Moro está distribuindo a rodo seriam na realidade a expressão de um machismo extremo pois considera a mulher "incapaz de compreender o que o marido fazia". Retoma o arquétipo da mulher dependente materialmente, alienada, intelectualmente incapaz, ingênua, passiva, "do lar", consumidora compulsiva sem se importar com quem provém e etc. ...

Confesso que no início eu havia achado esta interpretação um pouco forte demais ...

Depois a inocência de Adriana Ancelmo gostaria que a amiga dona desta monumental sacada se acusasse para receber os devidos créditos.

Um comentário :

  1. Por machismo ele não teria feito tudo o que fez com d.marisa que não foi inocentada nem depois de morta.ele é oportunista e seletivo ,só isso.atraves da Claudia ele mantém cunha de bico fechado e livra os políticos amigos e da Adriana ela cala sobre os nomes do judiciario que ia delatar.

    ResponderExcluir

Web Analytics