quarta-feira, 28 de junho de 2017

O faz-de-conta


O faz-de-conta: FHC e eleições, Palocci e delação, Moro condena, Ricardo Teixeira ameaça...
Bob Fernandes

O faz-de-conta é um método de comunicar e fazer política. Acredita nos contos quem quer, ou quem não tem como saber.

Fernando Henrique pregou renúncia de Temer, eleições gerais e fim da reeleição.

O mesmo Fernando Henrique que teve comprada a emenda para reeleição e defendeu a "pinguela" com Temer.

Uma década de debate feroz sobre corrupção... e usaram a gambiarra "pedalada" para derrubar Dilma. E enfiar na presidência um bando de antigos e conhecidos corruptos.

Nesse faz-de-conta, por anos manchetes com corruptos pontificando sobre... a corrupção alheia...

...Por anos marqueteiros Caixa 2, e agregados, produzindo marketing ou pontificando sobre... o Caixa 2 alheio. Caixa 2 é crime ou não? E as panelas? Depende do faz-de-conta.

Por anos, procuradores sentados sobre informações que indicavam: a corrupção política-partidária-empresarial é Sistêmica. Generalizada...

...Mas silêncio do faz-de-conta. Como se já nas portarias do Sistema Judiciário, de empresas e redações, não se soubesse... Como funciona e quem pagava a conta.

Moro condenou Palocci a 12 anos. E mesmo se não tiver "provas cabais" condenará Lula. E se faz-de-conta não saber que assim será.

Na justiça, Palocci, ex-ministro da Fazenda, tentou informar sobre auxílio dado a empresas. Disse:

-Empresas de Comunicação tiveram sérios problemas, inclusive com algumas empresas declarando default (calote) nos compromissos externos.

A fala foi imediatamente interrompida. Palocci ainda ofereceu:
.
-Posso dar caminho que talvez vá dar um ano de trabalho, mas é trabalho que faz bem ao Brasil.

Agora, ao condenar Palocci, o juiz Moro respondeu às ofertas de ampla delação feitas pelo ex-ministro. Disse:

-Soaram mais como ameaça (...) do que como declaração sincera...

É o faz-de-conta... Na real, Palocci está conversando com procuradores. Já se busca, inclusive, desenhar um acordo de leniência para o setor financeiro...

...Executivos assumiriam crimes. Os bancos pagariam multas e livrariam a cara.

Ricardo Teixeira negocia delação nos EUA. Se delatar, pode abrir o jogo sobre negociatas & Copas. E sobre os negociadores... E assim escancarar o faz-de-conta.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics