quarta-feira, 21 de junho de 2017

O Almofadinha de Curitiba

Doença mental ou picaretagem? 
Weden Alves

O SOFISTA DE CURITIBA

Quer dizer que o Procurador de Deus cobra 40 mil por palestras para dizer que "a falta de provas é a prova de que houve ocultação de prova", citar Sherlock Holmes e a si mesmo? Quem é que paga por isso, meu Deus? Eis o garoto que ficou famoso por dizer em toda entrevista "que a ONU mostrou que o Brasil perde todo ano 3% do PIB com corrupção", quando o que o Banco Mundial afirmara é que os países em desenvolvimento perdem em média os 3% e ricos de 1.5 a 2%. Nunca houve um relatório específico sobre o Brasil. 

Sinceramente uma palestra do Almofadinha de Curitiba tem a credibilidade de um prefácio assinado por Miriam Leitão. Mas tem gente que paga. Desde a Grécia tem gente disposta a isso, aliás. Afinal, só há Deltans, porque há tolos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics