domingo, 18 de junho de 2017

Fala, Aécio, fala...


A DELAÇÃO PERMEADA DE AÉCIO

"Segundo o colunista Lauro Jardim, do Globo, Aécio lembrou a mais de um correligionário que tem excelente memória sobre os últimos 20 anos do partido e de pecados de diferentes tamanhos de seus mais ilustres integrantes".

A ameaça é grave. Ele pode ter em mente muitos casos escondidos pela grande imprensa e ignorados pela justiça tupiniquim. Vai que ele entrega:

1. O esquema de propinas da Alstom em troca de financiamento ilegal das campanhas em SP.

2. Serra, Alckmin e o caso Rodoanel.

3. Os bastidores da privataria tucana.

4. O caso Banestado, devidamente engavetado pelo doutor Moro, uma rumorosa trama de evasão na ordem de 27 bilhões de dólares.

5. A compra de votos para a reeleição em 1996.

6. Os contratos com Marcos Valério no Banco do Brasil desde 1998 e até 2002, período ignorado por Joaquim Barbosa para sustentar a narrativa do "mensalão exclusivamente petista".

7. Os esquemas de Beto Richa, Marcondes Perillo e Yeda Crusius, todos não explorados pela imprensa protetora, e que fariam Sérgio Cabral parecer um pobre cleptomaníaco.

8. Os outros nomes tucanos de Furnas.

9. O dinheiro público desembolsado por Alckmin para sustentar os caprichos editoriais do seu pupilo João Doria.

10. Os bastidores das vendas do Pré Sal a preço banana por Pedro Parente à toque de caixa.

11. O enriquecimento dos pais do Plano Real com políticas de favorecimento ao mercado financeiro.

Fala Aécio...


Em tempo. Nem PT nem PSDB são santos. Estão muito longe disso. Mas a demonização do primeiro pela imprensa e a atitude cúmplice da grande mídia em relação aos esquemas tucanos é algo asqueroso.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics