sábado, 6 de maio de 2017

Por que o óbvio não é óbvio?

Edu Oliveira

Não é curioso que no grupo dos acusadores de Lula estejam os maiores sonegadores de impostos e réus em ações trabalhistas?

Não é curioso que entre os inimigos do "assistencialismo" e do "paternalismo" das políticas sociais estejam os donos das maiores fortunas do país?

Não é curioso que esse grupo é o que mais se esforça para ostentar riqueza com mansões, iates, ilhas, carrões, jatinhos e muito luxo brega de mau gosto?

Não é curioso que eles chamem justamente quem trabalha para sustentá-los de vagabundo? Não, não é. É só lógico. É só óbvio.

Mas então quem está trabalhando para que o óbvio deixe de ser óbvio?

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics