sábado, 6 de maio de 2017

O jornalismo vil e leviano de Josias de Souza


O jornalismo sem escrúpulos!
Claudio Guedes

Imediatamente, quase instantaneamente, eis o que o aríete-mor da Folha contra o Lula diz sobre o depoimento do preso (há dois anos) e condenado (a mais de cinquenta anos), Renato Duque ao juiz Sérgio Moro.

"O depoimento espontâneo de Renato Duque a Sergio Moro alterou drasticamente a situação penal de Lula. Até aqui, o grão-mestre do PT era personagem de uma ficção em que imóveis reformados lhe caíam sobre o colo —um sítio em Atibaia e um tríplex no Guarujá. Duque injetou na fantasia de Lula uma realidade que tem começo, meio e fim."

O autor dessa pérola de jornalismo vil e leviano é Josias de Souza ...

Espontâneo? Depois de dois anos de cadeia? E depois de condenado a cinquenta anos?

a) O jornalista não acha que seria plausível levantar a hipótese que o depoimento pode ter sido "negociado" com os procuradores e o juiz com o fim especifico de incriminar o ex-presidente?

b) O jornalista não viu, no depoimento, uma similaridade entre termos usados pelos membros da Procuradoria na acusação contra o ex-presidente e os usados agora pelo delator?

c) O jornalista não achou estranho, no depoimento, que o ex-presidente procurasse o ex-diretor da Petrobras depois que o mesmo já havia deixado a empresa para lhe perguntar sobre assuntos internos da empresa?

d) O jornalista não achou estranho que um corrupto como Renato Duque, que foi pego com conta no exterior recheada de euros, mais de uma centena de obras de arte na sua mansão [para lavar grana de propina] e ainda um quarto secreto para guardar bens & numerário, tivesse revelado que o ex-presidente o aconselhou a "destruir" provas que o [a ele mesmo, Duque] incriminassem? Desde quando bandido precisa desse tipo de conselho?

Que diabos de jornalista é esse indivíduo?

Um jornalista sem escrúpulos.

Um comentário :

  1. E seguem as incoerências... Encontro dos dois teria sido no hangar da TAM? Esse duque acha mesmo que hangar é um lugar com privacidade? Ainda mais com uma figura "pouco" conhecida como a do Lula?

    Hangar sempre tem gente, os auxiliares de pista fazem efetivo lá. Especialmente em um hangar de empresa grande. O acesso é controlado, há câmeras de segurança... Não dá pra fazer um encontro secreto.

    É como a história dos envelopes e malas que comportam 1 tonelada de dinheiro. Nem mentir direito os lavajateiros sabem.

    ResponderExcluir

Web Analytics