sexta-feira, 19 de maio de 2017

Janaína Paschoal se supera em matéria de idiotice e demência

Renato Lopes

Tancredo, no seu leito de morte, encontrou uma criança no hospital desesperançosa e triste com a situação do país. Juntando suas últimas forças, ele disse:

"Eu morri pelo Brasil e quero que as crianças continuem o meu sonho."

Essa criança era ninguém menos que Janaína Paschoal.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics