sábado, 27 de maio de 2017

Advogado defende condução coercitiva e internamento compulsório de João Doria

Kakay defende internação compulsória de Doria
O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, um dos principais criminalistas do Brasil, defende que o prefeito de São Paulo, João Doria, seja internado compulsoriamente; Kakay fez essa declaração ao reagir à iniciativa do prefeito, que defende internar compulsoriamente usuários de drogas da Cracolândia, em São Paulo, mesmo que não haja autorização dos dependentes químicos nem de suas famílias; "É um escândalo", diz Kakay, que diz nunca ter visto nada tão teratológico; ação desastrada de Doria na Cracolândia já provocou a demissão de sua secretária de Direitos Humanos e foi amplamente criticada por especialistas; "precisamos fazer um exame de sanidade mental neste prefeito", diz Kakay; Doria tenta "limpar" a área para facilitar empreendimentos imobiliários na região da Luz, mas sua ação criou várias novas Cracolândias em São Paulo.
SP 247 – O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, um dos principais criminalistas do Brasil, defende que o prefeito de São Paulo, João Doria, seja internado compulsoriamente para exames de sanidade mental.

"É um escândalo", diz Kakay, que diz nunca ter visto nada tão teratológico.

A ação desastrada de Doria na Cracolândia já provocou a demissão de sua secretária de Direitos Humanos, Patrícia Bezerra, e foi amplamente criticada por especialistas.

"Precisamos fazer um exame de sanidade mental neste prefeito", diz Kakay.

Doria, por sua vez, tenta "limpar" a área para facilitar empreendimentos imobiliários na região da Luz.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics