quarta-feira, 5 de abril de 2017

O adversário a ser batido em 2018 (caso haja eleição)

O adversário 
Claudio Guedes 

Vejo agora no UOL, que o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), prometeu, hoje, usar todas as suas forças para combater a volta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência nas eleições de 2018 e colocou o petista como uma das principais motivações que o levou a lançar-se candidato à prefeitura.

Cada dia que passa fica mais claro que com a debacle dos caciques do PSDB, com o partido - apesar da proteção vergonhosa que possui do ministério público e de muitos juizes - desgastado, Doria é a alternativa não apenas da direita brasileira, mas também dos pragmáticos da banca, das associações comercias e de parte da grande indústria.

João Doria Jr. passou anos da sua vida ganhando dinheiro e articulando sólidas relações com os detentores do grande capital que opera no país, seja nacional, seja internacional.

É um Trump melhorado, pois mais sutil e mais cativante. É um mestre na arte da sedução de grandes platéias, de grandes massas, principalmente pelo uso do vídeo e da propaganda. Sabe tudo sobre publicidade, tudo sobre como enganar as pessoas, tudo sobre como vender ilusões.

Seu pai, o falecido João Doria, foi um publicitário de sucesso e também deputado federal pelo PDC. Na família e no círculo de amigos era admirado e muito querido. Foi cassado pelos militares em 1964, mais pelo uso de grana dos americanos ligados ao mundo da propaganda e lobistas das empresas da terra do Tio Sam na sua campanha, do que pelo tímido apoio que deu à época ao governo Goulart.

Doria Jr. tem o DNA do pai. Inteligência, ambição e muito dinheiro - não só próprio, como de amigos que vão cerrar fileiras com ele contra qualquer alternativa de centro-esquerda ou de esquerda. Será apoiado pela Globo, Bandeirantes, Record, SBT, Jovem Pan, Abril e por quase toda mídia impressa, que trabalharão sua imagem, de forma sutil no início e de forma ostensiva se a sua candidatura for viabilizada - o que possui alta probabilidade.

É ele o adversário a ser batido em 2018.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics