quinta-feira, 20 de abril de 2017

"Fla x Flu" político é a PQP

Luis Felipe Miguel

O discurso de que vivemos um "Fla x Flu" político é particularmente cretino. A torcida por um clube de futebol é em geral motivada por razões afetivas, tradições familiares ou algo assim. Mas dificilmente alguém vai dizer que o Flamengo traduz valores e projetos melhores do que o Fluminense ou vice-versa, ou vai basear sua opção na visão de mundo de Guerrero ou de Richarlison.

Dizer que o atual conflito é uma guerra de torcidas é dizer que há apenas adesões irracionais a símbolos ou personalidades e tornar equivalentes os dois lados. No entanto, a linha divisória da política é golpismo versus antigolpismo, ataque aos direitos e liberdades versus resistência a este ataque, exceção versus democracia.

Os adeptos da tese do Fla x Flu e os isentões em geral, ao negar esta divisão, estão legitimando a ofensiva da direita e corroborando o ponto central de seu discurso, de que não está ocorrendo no Brasil nenhuma ruptura com a ordem instituída pela Constituição de 1988. Isto é, escolheram com clareza seu próprio lado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics