terça-feira, 11 de abril de 2017

Espírito Santo forma mais uma geração de Abdelmassihs e Harry Shibatas

Foto de O Globo

Alunos de medicina do Espírito Santo são acusados de apologia ao estupro

Jovens aparecem em uma foto com a hashtag #PintosNervosos vestindo jaleco, com as calças abaixadas até os tornozelos e fazendo um gesto com as mãos, que remete à genitália feminina; informação é de que eles seguiriam especialização na área de ginecologia

Revista Fórum

Alunos de medicina da Universidade de Vila Velha (UVV) foram denunciados pelo Sindicato dos Médicos do Espírito Santo (Simes) ao Conselho Regional de Medicina (CRM-ES) por acusação de apologia ao estupro. Os jovens aparecem em uma foto publicada na internet vestindo jaleco, com as calças abaixadas até os tornozelos e fazendo um gesto com as mãos, que remete à genitália feminina.

Uma dela foi postada no perfil do Instagram de um dos estudantes com a legenda “#PintosNervosos”. Em nota, a Universidade afirmou que “repudia qualquer tipo de ofensa a uma profissão tão importante e fundamental como a medicina”.

Segundo a instituição, será instaurada uma comissão de sindicância para apuração dos fatos e possível punição, caso fique provado que eles desrespeitaram as normas e códigos de ética que regulamentam as ações dos alunos. A informação é de que os estudantes seguiriam especialização na área de ginecologia, o que não chegou a ser confirmado pela UVV.

3 comentários :

  1. Por isso que eu prefiro a medicina cubana. É mais séria que a nossa.

    ResponderExcluir
  2. Provavelmente esse grupo é discípulo do médico estuprador Roger Abdelmassih. Esse grupo se for detido ou monitorado, fará o mesmo que o monstro Roger Abdelmassih.

    ResponderExcluir
  3. Provavelmente esse grupo é discípulo do médico estuprador Roger Abdelmassih. Esse grupo se for detido ou monitorado, fará o mesmo que o monstro Roger Abdelmassih.

    ResponderExcluir

Web Analytics