sexta-feira, 7 de abril de 2017

Esclarecimentos sobre o ataque terrorista dos EUA à Síria

Otto Leopoldo Winck

NOTA PARA ESCLARECIMENTOS

1) a Síria não tinha interesse algum em provocar a comunidade internacional com um ataque químico. Pra quem não sabe,a Síria está recuperando cidades e libertando moradores todos os dias.

2) A Síria não tem armas químicas. Elas foram entregues à ONU quando da assinatura do Tratado de não proliferação de armas químicas, por conta de outro "ataque químico" atribuído pelos EUA ao governo.

3) Dê um google em "chlorine gas" e veja se o médico trataria a pessoa sem equipamentos... em sala fechada...

4) Mas, o cidadão médio ocidental tende a acreditar que o mal absoluto reside em certos tipos de pessoas, de nacionalidades e culturas diferentes das deles. Estas pessoas só concebem civilização como o seu arroz e feijão, a sua igreja, a sua roupa, o seu gosto pra música. O resto é menos. A isto chama-se etnocentrismo. Edward Saíd chamava de Orientalismo um tipo bem específico de etnocentrismo.

5) Se acreditamos que Assad, por exemplo, é todo mal, acreditaremos que ele bombardearia seu próprio povo sem dó, ou que usaria gás clorine sem dó, e acreditaremos que ele merece morrer, ser preso, ser deposto, etc. Porque ele "não é como nós". Esse é o princípio. O jornal diz: "Monstro do pântano ataca", e você fica com medo do monstro. Dai o jornal diz: "Herói mata o monstro do pântano", e você fica até satisfeito...

6) E TODOS OS JORNAIS dizem o mesmo (claro, usam as mesmas agências e servem aos mesmos governos e corporações globais... pertencem a um dos seis conglomerados de mídia ocidental ou é uma afiliada local...)

Babel Hajjar, via Mohamad Abdull Aziz Diniz

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics