terça-feira, 11 de abril de 2017

Brasil do século XXI se parece com a Rússia do século XVI

Ivan, o terrível
Por Fábio de Oliveira Ribeiro

No período em que o Brasil começava a ser colonizado por portugueses, surgiu entre a Europa e a Ásia pela primeira vez uma Rússia realmente poderosa.

Mas se não tivesse sido unificada a ferro e fogo pelas mãos de "Ivan, o Terrível", a Rússia teria sido condenada a permanecer fragmentada. Os Boiardos (equivalentes medievais russos dos nobres europeus que eram proprietários de feudos imensos) viviam em guerra entre si. Pior… eles sempre se apoiavam em potências estrangeiras interessadas em enfraquecer seus adversários russos (reino da Polônia, principados alemães, Kazan etc..).
Não por acaso, logo que se tornou Czar de todas as Rússias Ivan tributou os Boiardos e a Igreja, criou um exército regular sob seu comando e se apoiou politicamente no povo comum russo. Os russos pobres foram o instrumento de unificação da Rússia. Ivan os utilizou como um escudo interno contra os arrogantes Boiardos e como uma lança terrível para ferir os inimigos externos de seu país.

O Brasil está sendo condenado à fragmentação pelas elites brasileiras que odeiam o PT. Michel Temer está entregando aos estrangeiros tudo que tem valor em nosso país (riquezas minerais, petróleo, terras, etc...). Não há paz, pois os ricos do sudeste estão em guerra contra os ricos do nordeste e o sul do país sonha com a secessão. Pastores evangélicos enriquecem escandalosamente e interferem na política; alguns deles adquiriram mais poder que os representantes da maioria católica.

Nossas instituições funcionam, mas apenas em prejuízo do país e da população. A Polícia Federal faz ataques terroristas contra alguns setores produtivos. O Judiciário submeteu os dois outros poderes republicanos e cada juiz se tornou um tiranete em seu próprio feudo judiciário, tanto que um único juiz foi capaz de destruir toda a economia brasileira. Os barões da mídia se comportam como se fossem os únicos donos do país e condenam dezenas de milhões à miséria apoiando a revogação de direitos sociais, trabalhistas e previdenciários. Os projetos de modernização das Forças Armadas foram interrompidos e a Base de Alcântara será doada aos EUA no exato momento em que os norte-americanos ameaçam nossas fronteiras construindo bases militares em nossos vizinhos.

Em pleno século XXI o Brasil se torna mais e mais semelhante à Rússia do início do século XVI. Quem será o nosso "Ivan, o Terrível" que vai silenciar à ferro e fogo os Boiardos tupiniquins?

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics