sexta-feira, 14 de abril de 2017

Aécio Neves liga para William Bonner

Tom Cardoso

Aécio Neves liga para o âncora e editor do Jornal Nacional, William Bonner:

- E aí, William, tudo bem?

- Meu senador! Tudo ótimo.

- Quando você vai tomar uma comigo no Venga? Você tá solteiro, tá na praça...

- Não posso. Ainda mais agora, com a lista do Fachin. Trabalho dobrado.

- Então, é sobre isso que eu quero falar...

- Aécio, não teve jeito. Temos que citá-lo.

- Sim, mas você estão exagerando. Ontem vocês falaram o meu nome 3 vezes!

- Hoje vai ser uma vez só. Tô aqui com a pauta. Reservamos dois blocos pro Lula. E um bloco pra Dilma. Dois minutos pro Fernando Pimentel. Dois minutos pro irmão do Lula. Um minuto para o filho do Lula. Um minuto pra Maria do Rosario. Um minuto para o Arlindo Chinaglia. Um minuto para o Tião Viana. 49 segundos para o Zeca do PT. 37 segundos para o Zeca Dirceu.

- E quanto tempo pra mim?

- Vamos citá-lo numa frase. 7 segundos.

- E vai entrar em qual parte?

- Depois da Maju. Boa parte das pessoas levanta para ir ao banheiro.

- William, meu amigo, posso fazer um pedido?

- Sim, claro. Diga.

- Quando vocês citarem o meu nome dá pra falar A Neves?

- Por que?

- Muita gente vai entender Aeges. Vão pensar que é sobre o mosquito.

- É, faz sentido, você adora uma picada...

- O que você disse?

- Nada. Pode deixar, vou falar com o Schroder.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics