quarta-feira, 15 de março de 2017

Empresária que postou foto de Moro pedindo para “limpar o país” é presa na Lava Jato

Do DCM:

Na manhã de terça-feira (14), a Polícia Federal prendeu o diretor da Companhia de Transportes sobre Trilhos do Estado do Rio de Janeiro (Rio Trilhos), Heitor Lopes de Sousa Junior, e o atual subsecretário de Turismo do estado e ex-subsecretário de Transportes, Luiz Carlos Velloso. A operação, batizada de Tolypeutes, é um desdobramento da Lava Jato no Rio, e investiga suposta corrupção e pagamento de propina em contratos da linha 4 do Metrô.

Executivos da Carioca Engenharia relataram, em acordo de leniência, que o esquema na Secretaria de Transporte seria semelhante ao da Secretaria Estadual de Obras do Rio, com a cobrança de propina das empreiteiras contratadas para obras.

Sete mandados de condução coercitiva foram cumpridos. Um deles foi contra a companheira de Luiz Carlos Velloso, Renata Loureiro Borges Monteiro. Promotores apontam ainda que a prisão preventiva do diretor da Rio Trilhos foi pedida para evitar uma possível fuga, já que Heitor e a mulher estavam dando entrada em um pedido de cidadania portuguesa. Os procuradores também estão pedindo o bloqueio de bens de R$ 36 milhões de Heitor e de R$ 12 milhões de Velloso.


Lauro Jardim informa que, no último dia 4, Renata postou em sua página no Facebook uma foto de Sergio Moro com um comentário de incentivo ao juiz Sérgio Moro:

— É de cabeça erguida que iremos limpar o país!



Um comentário :

  1. Só da hienas e canalhas dando uma de Santo para enganar o diabo!

    ResponderExcluir

Web Analytics