terça-feira, 10 de janeiro de 2017

As autoridades da República já não ligam para o decoro ou a falta dele

George Marques

É de conhecimento até do mundo mineral que corre no TSE um processo que pode retirar Michel Temer da presidência ainda este ano.

A acusação é que a chapa eleita em 2014 teria sido abastecida com recursos ilícitos. Comprovada a mutreta, não restaria outra alternativa ao presidente: ser convidado a se retirar da cadeirinha que ocupou de forma provisória.

Com este cenário o presidente do TSE que comanda o julgamento, Gilmar Mendes viajou para Portugal para acompanhar Temer no velório do ex-presidente de lá, Mário Soares.
Velório era desculpa para Gilmar Dantas Abdelmassih viajar de graça.

As autoridades da Republica já não ligam para o decoro ou a falta dele. Vale lembrar que Temer tenta emplacar no TSE uma pedalada jurídica para que apenas a ex-presidente Dilma seja condenada no processo e ele seja absolvido e continue livre, leve e solto na presidência até 2018. São essas as instituições brasileiras que estão realmente funcionando?



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics