quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

A nova promessa do paraíso é...


Todos podem ser empresários, basta fazer um curso de uma semana no Sebrae ou uma disciplina de empreendedorismo na faculdade. E é justamente essa ilusão que leva, como naquela peça Les Bonnes, os brasileiros a pensar exatamente do lugar do patronato, desprezando uma história inteira de lutas trabalhistas e os regimes de solidariedade. Hoje um peão, de qualquer nível, disserta de "modelos de negócios" e reclama dos "custos da CLT" sem sequer perceber que fala e fala sem usar a própria voz. É triste. O resultado mais dramático dessa nova mentalidade é o perfil do nossa Câmara: são 400 empresários dentre os 513 deputados, na maior desproporção da história. O que tem como efeito esta perda em série de direitos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics